quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Blood.


Era assim - Todos os dias não havia nada. Cinza, neblina, vento, noite.
Até que Deus - ou alguma força maior - enviou uma luz. Cegou-me os olhos a principio, embaralhou-me os pensamentos, mas lentamente as cores ficaram nitidas.
Destacou-se então, o vermelho, num arco-iris de cores cintilantes.

Um vermelho paixão. Vermelho de amar ..
vermelho que rejuvence pessoas, que dá vida e paz, felicidade.


Era assim - olhando mais de perto;
Era um vermelho sangue.



... Cinza, neblina, vento, noite.

c.

Um comentário:

LiviaSuassuna disse...

adoooooorei o posto, muito liindo *---*
Parabéns ..